Como começar um blog

Tempo de leitura: 13 minutos

 

Você quer começar um blog? Se sim – você está no lugar certo.

Neste post eu quero orientá-lo sobre os princípios básicos de como iniciar um blog, e enquanto eu faço isso, quero responder algumas das perguntas técnicas básicas que muitos pré-blogueiros precisam responder antes de começar a colocar seu blog em funcionamento.

Há muitas razões para começar um blog, mas o desafio que enfrentam todos os aspirantes blogueiros (incluindo eu em 2002) é: como iniciar um blog?

5 etapas fáceis para iniciar um blog

Existem algumas etapas simples que você precisará concluir para iniciar seu blog:

  1. Escolha sua plataforma de blogs
  2. Proteger um nome de domínio e obter hospedagem no lugar com Bluehost
  3. Configure seu blog
  4. Crie seu blog
  5. Comece a criar conteúdo útil que sirva os leitores

Abaixo, eu vou te guiar através de como eu abordaria cada passo se eu fosse começar um blog e sugerir mais leitura que será útil em outras questões importantes como: escolher um nicho, encontrar leitores para o seu blog, construir a comunidade com o seu blog, e pensar em como ganhar dinheiro com ele, etc.

Minha esperança é que este passo a passo a passo inicial irá ajudá-lo a iniciar seu primeiro blog.

Etapa 1: escolha uma plataforma de blogs

Para iniciar um blog, você precisará selecionar uma plataforma de blogs – ou uma ferramenta que o ajude a colocar seu conteúdo na web.

Existem muitas plataformas de blogs disponíveis, mas em minha mente a escolha é clara e simples. Gostaria de configurar imediatamente em um site WordPress.org, e eu recomendo que você faça também.

WordPress é de longe a plataforma de blogs mais popular e por uma boa razão –

  • É livre para usar (embora você precise fazer um pequeno investimento em um domínio e um servidor – falarei mais sobre isso abaixo)
  • É fácil de configurar
  • Por muitos anos tem sido e é um sistema robusto e seguro (embora você precisa mantê-lo atualizado para manter a segurança)
  • Ele tem toda uma indústria de fornecedores de ferramentas, designers e desenvolvedores em torno dele que irá ajudá-lo a personalizar seu blog em muitas maneiras

Tenha em mente que o WordPress oferece duas ferramentas:

  1. WordPress.com – onde hospedam o seu blog, cuidam do back-end, e lhe dão o acesso para tê-lo em seu próprio domínio. É grátis para começar, mas você paga para atualizar diferentes elementos dele.
  2. WordPress.org – onde você tem o controle completo e hospeda o blog em seu próprio servidor, seu próprio domínio e tem controle completo sobre como ele será, opera e como você pode monetizá-lo. É completamente gratuito para usar, mas você precisa organizar a sua própria hospedagem, domínio, etc

O WordPress.com é mais fácil de configurar e significa que você não precisa manter a atualização de versões do WordPress, mas lhe dá menos controle sobre seu projeto, caso precise monetizar e quais recursos você pode adicionar. O WordPress.com é livre para começar, mas dependendo de quais upgrades você deseja obter pode acabar sendo tão caro quanto WordPress.org.

Minha recomendação é ir com WordPress.org – você terá um pouco mais de trabalho na fase de criação (eu vou te guiar através dele abaixo), mas no longo prazo você terá controle total sobre o olhar, sentir, Recursos e monetização de seu site. Poderia acabar mais barato para você também!

Eu sei que alguns de vocês estão provavelmente procurando conselhos sobre como iniciar um blog de graça e por isso o meu conselho para investir um pouco em um blog WordPress.org pode não ser exatamente o que você está olhando para ouvir, porque há alguns pequenos custos associados Com ele – mas você será melhor no longo prazo e como você verá abaixo a despesa não é grande.

Passo 2: Proteger um nome de domínio e configurar a hospedagem de seu blog

Eu recomendo usar o BlueHost para obter tanto o seu domínio e hospedagem (no Brasil, temos o Hostgator, por exemplo).

Escolha um domínio

Para a próxima etapa de iniciar seu blog, você precisará de um nome de domínio (o endereço do seu blog) para que você tenha um endereço para o seu blog on-line. Aqui no ProBlogger meu nome de domínio é www.problogger.com – cada blog precisa de seu próprio domínio, então pode ser mais fácil dizer do que fazer para encontrar um que não foi tomado!

Para este artigo eu só quero falar sobre como tecnicamente obter o seu domínio – mas existem alguns outros fatores a considerar, incluindo:

  • A perspectiva humana – legibilidade do seu domínio, a facilidade de dizer e lembrar, etc
  • A perspectiva da marca – exclusividade, o que o domínio diz sobre você
  • A perspectiva de SEO – escolher um domínio com boas palavras-chave pode ajudar o seu site a se classificar mais alto no Google
  • A perspectiva jurídica – fatores de direitos autorais e marcas registradas

Cobrimos todas essas quatro áreas em nosso post 4 coisas a considerar ao escolher o seu nome de domínio. Eu recomendo a leitura desse post antes de sair e obter um domínio.

Dependendo de onde você obtém seu domínio e qual domínio você escolhe, um domínio não é algo super-caro para proteger – mas vai custar-lhe pelo menos alguns reais por ano.

Configurar o seu Blog Hosting com o Bluehost

Talvez a maneira mais simples de obter seu domínio é fazê-lo com o mesmo lugar que você recebea hospedagem do seu blog. Minha recomendação para um bom lugar para começar é o BlueHost.

O WordPress tem recomendado o Bluehost para hospedagem de blogs desde 2005. Com a instalação do WordPress em 1-clique , suporte 24/7, e uma taxa super acessível, o Bluehost é uma ótima opção para a construção de seu primeiro site ou blog.

Oferta Especial para leitores ProBlogger: Enquanto escrevo este artigo, o BlueHost tem uma oferta exclusiva para os leitores ProBlogger para ficar configurado por apenas US $ 2,95 por mês (incluindo um nome de domínio!). Esta é uma poupança de 63%.

Passo 3: Configurar o seu Blog

Se você contratou o Bluehost como seu domínio e provedor de hospedagem, a instalação do WordPress é super simples. Na verdade Bluehost criou um vídeo simples para mostrar exatamente como fazê-lo:

Se você tiver qualquer problema durante este processo, eles têm um sistema de suporte ao bate-papo ao vivo que permite que você faça perguntas à sua equipe de suporte.

Nota: outros serviços de hospedagem, incluindo o inmotion, têm sistemas de instalação simples semelhantes para o WordPress, mas se você tiver problemas o WordPress também tem uma página de instalação aqui .

Depois de concluir este processo, agora você tem um blog WordPress instalado! Você começou um blog! Parabéns – você está quase lá!

Etapa 4: Configurar e projetar seu blog

Se esta é a sua primeira experiência do WordPress você pode estar olhando para o painel (dashboard) e se perguntando o que você fez para instalá-lo – é incrível, né!

Não se preocupe – você vai entender isso rapidamente e só precisa de um bom estudo!

Configurando seu blog

Felizmente, a equipe do BlueHost montou uma grande série de tutoriais que o ajudarão a se acostumar com o WordPress e também a configurar as coisas para tornar o seu blog e funcionar corretamente.

Aqui está um bom vídeo que apresenta o que você está vendo no seu painel do WordPress.

E aqui está outro sobre a criação de categorias e tags para o seu blog:

Uma das coisas mais poderosas no WordPress é que ele permite que você instale e use plugins para obter funcionalidades extras em seu blog. Você pode querer salvar isto para assistir mais tarde, mas isso ajudará a tornar o seu blog mais rico em recursos.

O design (visual) de seu blog

Outra coisa que você vai querer fazer agora é pensar sobre o design do seu blog. As primeiras impressões contam muito, então você vai querer uma que diga algo sobre o tipo de marca que você está tentando criar e que ajuda você a se destacar na blogosfera lotada.

Aqui tem um vídeo que mostra os conceitos básicos de criação e escolha de um tema de design, mas posso fazer eco do conselho no vídeo sobre como investir em um “tema premium” para o seu blog.

Embora existam muitos milhares de temas livres, esta é uma área que pode valer a pena investir.

Da última vez que pesquisamos os leitores do ProBlogger, descobrimos que a maioria dos leitores do ProBlogger concorda com isso e tem temas premium como base de seus projetos de blog. Enquanto eles vão te custar para comprar, se você receber um de uma fonte respeitável eles vão ser seguros, rápidos, tem boa otimização de mecanismo de busca, será projetado para móveis, bem como desktop, e ser fácil de instalar e personalizar.

A Hostgator tem uma publicação sobre como decidir sobre um tema WordPress para o seu blog.

O fornecedor do tema premium que eu usei ao longo dos anos e recomendo é StudioPress (aff). Eu usei seus temas nos primeiros dias de inúmeros blogs e amo o seu design, mas também apoio.

Se você estiver procurando por uma solução realmente fácil, confira os novos Sites StudioPress, um serviço totalmente autohospedado, com construtor de site WordPress que lhe dará:

  • O Genesis Framework – com Estrutura de Design Padrão da Indústria que torna o WordPress mais fácil, sem sacrificar o poder ou a flexibilidade
  • 20 Projetos HTML5 otimizados para celular – designs profissionais que fornecem belos quadros para o seu conteúdo
  • Rápido carregamento nos serviços de nuvem – Uma estrutura em nuvem otimizada especificamente para o desempenho máximo do WordPress
  • Zero aborrecimento com “Hospedagem” – com um site totalmente hospedado que vai crescer com você e seu tráfego do site
  • Instalação de Plugins com 1 clique incluído – Saiba quais plugins são confiáveis, graças ao repositório de soluções de um clique para a funcionalidade que você deseja do StudioPress Site.
  • Segurança
  • Funcionalidade Avançada de SEO
  • Manutenção automática do tema e plugins – Muitos donos do site WordPress gastam $ $ $ todos os meses para ter um serviço externo para manter as coisas atualizadas e seguras.
  • Suporte de classe mundial – equipe de suporte amigável 24h por dia, 7 dias da semana.

Para ser honesto – a parte do projeto de criação de um blog é o pouco que eu acho mais difícil. É definitivamente possível fazê-lo 100% por si mesmo (e há muitos tutoriais que irão ajudá-lo a aprender as habilidades para fazê-lo), mas para 99,9% dos novos blogueiros, um tema que você pode configurar é o caminho a percorrer.

A outra opção, se você for super sério, é contratar um designer para fazer um design personalizado para você. Mas isso é susceptível de custar-lhe algum dinheiro significativo para obter um designer respeitável e, portanto, um deles é provavelmente o melhor lugar para começar.

Não se estresse muito nos primeiros dias – todos nós começamos com um projeto que mais tarde podemos fazer alterações. O principal é começar a instalação e evoluir de lá. Minha dica chave é escolher um design simples, clássico e limpo que você pode adicionar um logotipo simples para torná-lo um pouco mais individual e, em seguida, continuar blogando!

Passo 5: Comece a criar conteúdo útil que sirva os leitores

OK – espero que a esta altura você já tem o seu domínio, hospedagem, instalado o WordPress e seu tema. Você começou um blog… mas você não é um blogueiro até que comece a criar algum conteúdo para o seu blog!

Eu realmente não posso dizer o que escrever no seu blog para o seu primeiro post – porque é algo que vai variar muito de blogueiro para blogueiro – mas vou compartilhar alguns links abaixo que podem ajudar a dar-lhe alguns pontos de partida.

O que eu posso indicar para você são mais alguns vídeos úteis de nossos parceiros.

Existem dois tipos de conteúdo que você é capaz de criar para o seu blog no WordPress – ‘Páginas’ e ‘Posts’.

Páginas

As páginas são as páginas “estáticas” no seu blog que não vão mudar muito, mas que você vai ligar para os seus menus e áreas de navegação em seu blog. Por exemplo, aqui no Empreender Digital minha página de Sobre e no ProBlogger, Falando na página, são criadas usando uma ‘página’.

Sua primeira página provavelmente deve ser uma página de “Sobre” – uma página que diz às pessoas sobre você e seu blog. É uma página que você vai querer mostrar na sua área de navegação/menu e vai fazer algumas pessoas ler para entender o que você está sobre como um blogger.

Precisa de ajuda com o sua página de Sobre – confira o nosso post anterior sobre o que incluir em sua página?

Aprenda Passo a Passo como Funciona o Modelo de Negócios de Blogs e toda as suas possibilidades e oportunidades para a sua carreira profissional e para seu negócio.

Postagens

Os posts são um pouco diferentes e o que você vai gastar a maior parte de seu tempo criando como um blogger – eles são onde você cria suas postagens de blog regular. Os posts serão exibidos na primeira página do seu blog assim que forem publicados. Eles geralmente têm comentários e uma data para mostrar os leitores quando foi publicado.

Vamos começar criando uma página de Sobre. É fácil de fazer – na verdade, se você sabe como usar um processador de texto como Word, então será fácil!

Vamos ver um vídeo sobre isso:

Em seguida, é hora de escrever sua primeira postagem no blog.

Mais uma vez, o conteúdo vai variar muito de blog para blog, mas verá que postar em seu blog é um processo relativamente simples no qual você vai se tornar um mestre em pouco tempo!

Na verdade, você vai achar este processo muito semelhante à criação de uma “página” para o seu blog. Aqui está um último vídeo sobre a criação de ‘postagens’.

APRENDA A GANHAR DINHEIRO NA INTERNET COM JÉSSICA BELCOST.

Fonte: https://problogger.com/how-to-start-a-blog/
Tradução: Emerson de Oliveira

Comentários

comentário